O macho dominador pra minha esposa

Um conto erótico de Wallfalcao
Categoria: Sadomasoquismo
Data: 07/10/2017 17:46:29
Nota 9.67

Olá

Eu sou o Carlos, sou casado com a Paula, moramos atualmente em Brasília, mas somos do Goiás, msm não ditando nomes dos locais que ocorreu os contos anteriores a maioria acontece aqui em Brasília,bem mas uma vez falarei dá Paulinha, minha esposa é uma loira "falsa gorda" bunda enorme, seios fartos e duros e um bucetinha linda e bem grande, Paulinha adora dar seu cuzinho e é louca por pica grande, e por ser tarada por porra ela adora dar sem camisinha e ficar com aquela bucetinha cheia de porra dos seus machos.

Oque narro agora ocorreu em setembro de 2016, bem que já leu alguns outros contos nosso sabe que as coisas aconteceram por acaso em TDS as ocasiões, pois bem nessa época nós entregamos ao prazer do sexo com desconhecido e sem planejamento, mas TD mudaria a partir daquele dia, já avia algum tempo que nós não aprontava ou falava em tal situação, eu meio com ciúmes falei a Paulinha se estava TD bem, oque estava acontecendo, pq ela não tocava no assunto, se ela se arrependeu de TD, Paulinha disso que não tinha se arrependido de nada do que ouve , e que sentia prazer e tensão em fazer oque fizemos, mas ela estava preocupada em saber se eu tbm tinha gostado, eu falei que amei e que queria viver aquilo a vida inteira, fizemos amor insano na quela dia, após o sexo perguntei oque qual era a fantasia dela, oque ela tinha vontade de fazer, qual seria nossa próxima loucura, Paulinha disse que quer ser dominada, quer um homem que saiba tratar um casal cm nos, mas que respeitassem nosso limite, pois bem tratamos de procurar pessoas que tinham esse tipo de perfil na internet, criamos perfil e anunciamos até que um dia alguém me ligou, e mantivemos contato, trocos fts e Marcamos um encontro, ele prometeu ser exatamente o que procuravamos, um ogro,bruto e dominador

Bem eu sou funcionário público e fizemos alguns investimentos, temos uma academia em um bairro bem movimentado aqui em Ceilândia, e tbm outra loja bem movimentado em Taguatinga, Paulinha administra abas as lojas, porém eu como trabalho apenas parte do dia e sou educadora físico, fico ligado na academia, que voltando a história inicial, foi aonde marcamos o encontro com o cara que prometeu ser o dono dá minha esposa , combinamos para o final dá tarde, horário em que a academia estaria lotada, ele usava o nome de Araújo , é pra não levantar nenhuma suspeita ele agendou um horário pra fazer exames físicos com a atendente pra poder começar a malha na nossa academia. Minha esposa chegou antes já veio até meu escritório que era na parte de cima do sobrado aonde funciona nossa academia, ela estava como sempre um tesão , em uma saia rodada que deixava sua bunda sempre grande um salto, e usava uma blusa preta com que graças ao desconto realçava seus belos seios, já era 18:45 quando a atendente me interfonou dizendo que o rapaz que tinha horário agendado tinha chego, perguntou se poderia mandar subir, pedi pra ela aguarda um minuto, falei pra Paulinha se ela tinha certeza do que queria pq ele Tinho chego, e disse é claro que tenho amor, quero que ele me transforme em um objeto inato faça de mim gato e sapato, pedi que ele subisse, a secretária levou ela até a porta aonde eu a recebi e dispensei aa secretaria, mas tivemos uma surpresa o Araújo estava com uma garota, baixinha magrinha , um loira de corpo malhado com uma cara de piriguete, tipo debochada , ela estava de salto e usava uma calça jeans rasgada e uma top tomara que cai, quando eu abro comprimentei o Araújo, e antes dele me explicar alguma coisa a loirinha já foi passado por mim em direção a minha esposa e falou, - essa aqui que vai ser nosso objeto de prazer? E encarou minha esposa de cima a baixo e pediu pra ela dar uma voltinha, é assim Paulinha fez, eu sem entender nada perguntei a ele oque estava acontecendo ele disse essa é minha amiga, ela vai nos ajudar, nesse momento ela já tinha botado minha esposa com as mão na mesa e estava apertado sua bunda e Araújo ali no pé dá porta com os braços cruzados apenas fez sinal com a cabeça indicando que eu aolhasse, então a garota foi se apresentando - meu nome é vaca profana, sou a cachorrinha dele faço oque ele quiser que eu faço, e vim aqui me divertir com um objeto dele, vcs. Ela já estava com uma das mão no meio das pernas dá minha esposa enquanto a outra ela puxava o cabelo dele é falava algo no ouvido dele, Araújo então falou pra mim, acho melhor vc trancar a porta pq vamos brincar um pouco, estava tão pasmo que não tinha percebido que na verdade não tinha nem fechado a porta, tranquei a porta Araújo se dirigir até minha esposa se encaixou nela por trás apertando seu enorme seios com muita força que ela gemia e meio que tentava sair daquela situação, ele então jogou o corpo dela em cima dá mesa de costa levantou a saia e deu vários tapas em sua bunda com muita força, minha esposa chorou e pediu pra ele para ele puxou seu cabelo e pois ela de joelho, e deu uma 3 tapas na cara dela é umas 3 cuspidas e perguntou, - pq eu estou aqui !! me fala puta pq estou aqui? Vi que a maquiagem dela já se misturava as lágrimas e cuspi na sua cara, eu então cheguei mas próximo e pedi pra ele pegar leve, ele me olhou com uma cara, jogou minha esposa no chão e segurou- me pela camisa me levando até a parede, e me fez a mesma pergunta, - pq eu estou aqui seu corno? Me fala, pq eu estou aqui? Eu não sabia oque dizer então a loirinha foi até minha esposa que estava jogada no chão e sentou encima dela levantou a cabeça arrumou o cabelo e deu um demorado beijo de linha na Paulinha, quando terminou deu uma cuspida na cara dela é enfergou a saliva no seu rosto e respondeu a pergunta do Araújo por nós - ele está aqui pra dominar vcs dois, vc vai ser a puta dele é vc corninho o corno submisso dele .

Ele soltou minha camisa foi até as duas jogou a camisas dele no chão e levantou minha esposa e pois ela sentando na mesa do meu escritório, tirou sua brusa , deu uns tapas no seu seio e depois chupou chupou forte e chupava e batia, vi que minha esposa já estava com tesão de NV, a baixinha tirou sua calça e sua blusa ficando só de calcinha, veio até mim me deu um beijo demorado enquanto tirava minha camisa desabutou minha calça e pois meu pau pra fora, quando ela viu que estava duro falou, - tá gostando seu corninho, tá gostando dá vaquinha aqui tá, eu disse que sim, o Araújo então deu a ordem pra ela, põem ela na cadeira, a baixinha me levou pra cadeira enquantoinha esposa tirava o sapato do Araújo é sua calça, a garota me amarrou na cadeira com os cadassos do sapato do Araújo minha esposa já estava só de calcinha, com os seios roxos de chupões e o rosto machado dá maquiagem, Araújo levou menja esposa pra próximo de mim e perguntou, - me fala corninho, oque sua esposa ier quer, oque ela pediu pra vc pedir pra mim fazer com ela, me fala aí corno , eu - ela quer ser dominada, ela quer sofre na sua mão ser seu objeto, seu TD sua , ele abraçado com ele pergunta - é verdade puta? Minha esposa de cabeça baixa só balança a cabeça afirmando, ele então diz ótimo, põem Paulinha de 4 em cima dá mesa , é bota ela para chupar seu pau , a amiga vaca dele arrasta a cadeira que eu estava amarrada pra próximo deles e fala corno tem que assistir de camarote sentido o cheiro de perto e ela foi pra o outro lado deles, segurava o pica do nosso agora dono e botava na boca dá minha esposa e passava t na cara dela, o pau do cara era enorme e bem grosso, eu só vi uma vara daquele jeito em filmes, minha esposa se engasgava naquela pica que o cara socava sem dor na boca dela, a baixinha ja estava com tesão tbm , então se posicionou na frente dá minha esposa e começou a beijar, Araújo segurou ela pela Sintra e socou de uma vez aquela peça na quela bucetinha, sinceramente não sei com aquele loirinha magrinha e baixinha aguentava com ar de alegria aquela rola daquela grossura, aliás não sei cm entrou naquela buceta, mas imaginar isso era muito exitante e viu meu pau latejando e saindo um líquido incolor, cara eu está a quase ajaculando se msm me tocar, ele socava forte na baixinha que nesse momento estava com os seios na boca dá minha esposa apoiando nela já que as estocadas estava levantando ela depois de certo tem Araújo me chamou - olha aqui corninho vem cara ver, como a cadeira era de roda arrastei pra trás dele, ele então tirou aquele pau enorme de dentro daquele bucetinha, que agora já estava TD aberta e e melada com uma espssse de espuma branca que parecia espuma de sabão , o pau dele tabela estava com essas espuma , acho que ele tinha gozado na buceta dela , então ele levou o pau até minha esposa e pois ela pra chupar, como eu já estava posicionado atrás dá baixinha essa só abriu a bunda e mandou eu limpar, eu cai de boca naquela buceta arrombado, mas não nego estava muito gostoso, gozei chupando ela, então ela puxou meu cabelo e falou agora vc vai chupar soeu cú, vai lambe ele, é assim eu fiz, Araújo então ordenou , vem aqui os dois, e assim fizemos , Araújo se posicionou atrás dá minha esposa, a sua amiga segurava o pau dele e posicionava na beceta dá Paulinha , Araújo socava devagar até encaixar TD sei pau, então ele começou a bombar , minha esposa começou a rir de prazer sentindo alegria, com certeza ela nunca tinha visto um pau daquela grossura e tamanho e estava em êxtase de prazer, depois de algumas bombadas ele parou minhas esposa rebolava encaixando cada vez menos aquela pica dentro dela, ele me trouxe pra próximo e pediu pra mim ver como estava a buceta dá minha esposa, quando ele tirou o pau de dentro deseu um liguido encolou de dentro da minha esposa, parecia xixi pois saia muito, a loirinha amiga dele segura eu pela cabeça e encaixa na bunda dá minha esposa que esfresga a buceta na minha cara por alguns minutos me deixando inclusive sem fôlego , mas o cheiro era ótimo é aquele gosta mas ainda, ele então pergunto se eu estava gostando, falei que sim , ele disse que agora que estava começando, e que eu irei adorar TD oque viria ali hj.

Ele botou minha esposa deitada no chão e socou a pica em sua buceta a baixinha agora sem calcinha sentou na cara da minha esposa com a bunda virada pra ele e esfregava a sua buceta na cara da minha esposa enquanto ele era fudida com força por aquele pica enorme, criava um espinha branca no troco do mastro dele é eu pensei que ele tinha gozado, mas na verdade era aquilo liquido que saia dá minha esposa com o atrito do pica dele fazia aquele espuma , minha esposa não parava de gozar, a baixinha então gozou na boca dá minha esposa, quando parou de gozar, olhou pra trás pra o Araújo e falou vem, ele tirou o pau de dentro da minha esposa e socou no cuzinho dá baixinha que continuava sentada na cara da minha esposa, ele socava forte no cu dá baixinha enquanto ea tinha a buceta chupada pela Paulinha, eu não conseguia ver o pau entrando direito mas pelos gritos qua a baixinha estava dando eu imaginava cm ficaria aquele cú, a buceta dá minha esposa continuava ali aberta e sempre escorrendo um líquido, eu vendo aquilo não resisti e gozei pela segunda vez se tocar no meu pau, o Araújo gemia como um louco enquanto socava naquela loirinha, que tbm gritava de prazer e lógico dor, então ele levantou pude ver finalmente vm estava aquele cú , uma clatera, ela levantou botou minha esposa de joelho e ordenou ela limpa seu cú, minha esposa chupava mas fazia cara de quem não estava gostando daquilo, acho que com aquele pau enorme o gosto que sai daquele cuzinho não era muito agradável, eu imagnie.

Araújo sentou no sofá ordenou a Paulinha chupar ele, é assim ela fez enquanto minha esposa mamava aquela vara ele mandou a loirinha me soltar ele veio e me desamarrou ele me chamou até ele, mandou eu arrombar o cú dá minha esposa pra ele fuder , meu pau estava Duríssimo, me posicionei atrás dela a loirinha rindo me empurrou e falou - assim não né corno, essa piquinha aí nao vai arrombar nada aí pra ela, só sua mão nesse cú porra , nessa hora minha esposa meio que se assustou parou de mamar aquela pica e olhou pra mim , ele então puxou ela pelo cabelo e deu um tapão forte na cara dela é botou ela pra mamar de NV, a loirinha então veio e pediu pra abrir a bunda da minha esposa pegou um creme e sua bolsa lambuzou o cuzinho dela é começou a brincar no cu dá minha esposa,minha esposa tentava gritar mas seus gritos era abafado pelo seu macho e quando ela remexia tentando para levava tapas forte na bunda, vi aquele baixinha por a mão inteira no cu dá minha esposa, eu não conseguia acreditar que ali caberia uma mão mesmo que fosse de uma mulher baixinha mas ainda era uma mão, ela socava forte tirando gritos abafado dá minha esposa que sentia uma forte dor que acabou fazendo xixi ali msm no chamado encima do meu tapete, quando minha esposa já estava acostumando com aquela mão ali dentro, alguém bateu na porta era a minha secretária, perguntando se estava TD bem , pq estava demorando liberar o cliente, TDS fizemos silêncio ele mandou eu ir lá se explicar, eu vestido minha roupa e deci, juro que estava meio tonto acha dlqie de tanto gozar, fui até minha funcionária e expliquei que conhecia eles de infância e que estava pondo os papo em dia pedi pra não encomendar, olhei no relógio e vi que ja era quase 9 hora da noite me assustei com aquilo, imaginei que ali ainda iria render pedi pra quando ela fechasse a academia não acionasse o alarme pois iríamos fica ali ateas tarde, e subi de volta ao escritório, quando entrei vi minha esposa sentada no pau do cara subindo e descendo, o com ar de alegria, por sentir aquela pica no seu cú, nem um sentimento pra fora , entrei tranquei a porta e já fui convidado a ficar ali próximo deles , minha esposa subindo e descendo no pau do cara ele então manda eu ver cm está o cú dá minha esposa, a loirinha me deixa ali junta a ele e manda eu segurar no pau do cara e por pra fora, eu seguro no pau do cara e tiro de dentro da minha esposa, vejo o estrago que era seu cú , não chegava a fecha ficava ali aberto, a loirinha vem e começa a mamar o pau dele, fala que pau gostoso, manda eu chupar o cú dá minha esposa e eu o faço, tinha um ótimo gosto, não conseguia para de lamber aquele cuzinho arrombado, ele então ordenou eu colocar seu pau de volta no cú dela , eu segurava aquele pau enorme e Grosso e vi que bem pesado e posicionei no cu dá minha esposa, obvel que entrou fácil e ele babou gostoso naquele cuzao, minha esposa peidava e gozava que nem uma jomenta, a loirinha me puxou de lado e me deixou sentado no chão e botou sua buceta na minha cara, quando eu comecei a chupar ele me ordenou pra mim não chupar, eu fiquei ali de boca aberta próximo a sua buceta e ela puxando meu cabelo pra mim não encostar na sua buceta, aí imaginei oque iria acontecer, ela fez xixi naimha boca , eu tentei sai ou deixar a boca ela disse - nada disso é pra tomar TD, e deu uns tapinhas na minha cara, ele então abri a boca e sentia aquele liquido quete e com cheiro forte encher minha boca , engoli um pouquinho mas era muito molhando TD a minha roupa, quando ela terminou fez eu lamber sua buceta, aí sim eu comecei a sentir prazer de NV , aquele cheiro de buceta mijada é uma delícia, Araújo então me chamou - vem aqui rapido , eu corri pra cima pra ver oque ele queria, ele então falou - vou gozar tira meu pau do cu dá puta e põem na buceta, quero encher ela de porra, eu tirei aquele pau do cu dá minha mulher é botei na buceta dela ele botei ela de lado e começou a socar rápido apertado forte os seios dá minha esposa , eu puz meu pau que já estava duro para fora e comecei a bater uma a loirinha abaicou minha calça se posicionou atrás de mim e começou a chupar meu cu, cara é uma situação esquisita, mas tesuada eu batendo uma com uma loirinha chupando meu cu olhando oum cara encher a buceta dá minha esposa de porra, eles gemia muito então o movimento foi parando parando, eu gozei nessa hora, muita porra aliás , ele então mandou eu tirar o pau dele de dentro, eu segurei na quele pau agora mole e tirei de dentro da minha esposa, na hora deseu de dentro dela aquele liquido branco com cheiro forte que TDS sabemos oque era, a baixinha então segurou minha cabeça e sem fazer força levou até a buceta dá minha esposa, que se ajeitou para ficar mais fácil pra encaixar na minha boca, quando ela se movimentou saiu de dentro uma contidade enorme de porra, elogo minha cara foi encostada na quela buceta a baixinha esfregava minha cara na quela buceta que não tinha como não engoli aquela porra , quando ela parou de força minha cabeça minha esposa veio pra cima de mim e me beijou gostoso, enquanto eu passava a mão em seu cú , só pra sentir cm ele estava, ela falou no meu ouvido - gostou amor, vc viu, estou TD arrombada , TD molhada TD fudida, esto mole de tanto gozar, mas quero mas , quero muito mas.

Araújo então chamou ela pra próximo dela eu levantei e fiquei olhando oque iria acontecer, ele velou ela até meu tapete ela de joelho e ele com a pica meio meio dura começou a fazer xixi na cara da Paulinha,mijando ela como se estivesse fazendo xixi em um vaso, mijava no olho na boca nos peitos, quando terminou enfiou o pau na boca dela puxando pelo cabelo com força sufocando minha esposa ele então começou a falar palavrões, - toma puta , toma vadia era isso que vc queria, e sua vadia tomar porra toma cacete aaaaa aaaaa, e então ele gozou de novo na ganganta dá minha esposa que estava até vermelha sem fôlego, quando ele terminou sentou no sofá de pau mole já, a loirinha ocupou seu lugar encostou sua buceta na boca dá minha esposa e fez xixi na garganta dela, minha esposa sufocava com o xixi devendo garganta a dentro, diferente de mim ela tomou toda aquela mijo, pois não tinha como ela se livrar, quando a loirinha terminou empurrou minha esposa de lado como uma criança faz com seu brinquedo depois que termina a brincadeira, e sentou no sofá ao lado do seu mestre, minhas esposa ali deitada no tapete TD mijado se masturbando e rindo rindo de tesão felicidade e prazer, e eu ali me mastubando mas dessa vez com o pau mole , não sabia oque fazer se iria levantar minha esposa ou deixava ela ali msm, Araújo então falou pra mim, - vai, pode ir lá e fazer xixi em cima dela tbm, vai, parecia que eu estava aguardando essa ordem encostei , via o rosto dá minha esposa rindo esperando eu mijar na sua cara e assim eu fiz, ela deitada e eu mijando em cima dela enquanto ela se masturbando , cm se ela não fosse fosse nada ali, o mas estranho era o modo que ela se mastubava, agora ao invés dela apenas passar a mão no critores ela estava com a mão inteira dentro da sua buceta, pela cara de alegria dela ela gozou mas uma vez ali enquanto mijava nela.

Bem quando terminamos já era por volta das 23 HS, mas ficamos ali conversando e combinando cm seria a próxima vez, aliás os estávamos cheio de xixi, e eu estava com a roupa ensopada de mijo não tinha como ir embora, esperamos a funcionária fechar pra podermos sair.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
08/10/2017 09:56:13
auuu que relato bom parabems ao casal e não esquentem a cabeça com criticas de erros de português vinhemos aqui curtir um relato bom ok curto casal se aleguem quiser fazer novas amisades
08/10/2017 06:37:40
Amei o seu conto onde quero receber todos outros. Adoro filmar e fotografar esses maravilhosos momentos. Caso interessar fazer um book é só retornar:
08/10/2017 02:13:45
Apesar dos erros de escrita o conto é muito bom

Online porn video at mobile phone


Xvideo.com amarrei minha esposa e tampei os olhos dela pra outro comerdois pauzudo fodendo duas vadias das beradas grosa de cabeça para baixomulher recebendo massagen enlouquecidaconto erptocp gay paicorno tomou leite corno contosporno novinha trezeno com namorando da migachantagiei a colega de trabalho e comi ela contoscontos eróticos irmãseu quero ver o vídeo do ML pegando os mortos arretandoHaitianos e camareiro mundobichacarolzinhabaixinhatrepanomulheres se masturbando por pistões mecânicosxvideo braguihasContos eroticos gays ovigia negro dotadovc acharam que quando eu terminasse eu.nao labia/uma chochota nao comia u cuzinho2 comedor do pintao sacaneia casada do rabaoXVídeos mulheres carreteira dando sua b***** para o passageirovideo de sexo tia batendo uma descabacando sobrinhocontos eróticos pique escondesexo entre.lutadores perdeu auta da ocuzinho pro vencedor ver pornommulheres contando qe 03homens comeram suabuceta em frente a seu maridoeu, minha namorada, minha namorada e meu tiolevantou as saias curtas e fuderaocontos chupei o grelinho da enteadinha a forçaconto erótico eu minha esposa na cachoeiravelhopintudocontoseu conto sou casada brincando com meu cunhado e ele me passou a varabbw q curta peidar contos reaisvídeo pornô com boneca de silicone de 80 kilos pela XVídeo pornôconto erotico tezao nos pezinhos da minha ermancontos eroticos de como aprendi dar o cuxvidiosexopornomulher do Espanto dopando a mais gostosaMulhe morena mostrando busetonha gostosa e um poquinho de cabelonovinha distraída de shortinho folgadinhos sentou de perna abertabuceta gostosa no inatingível elas dandoquero ver mais linda buceta bem gostosa que adora você tinha até meu marido matou na buceta gostosa no grelo bem ponto de ir para lambe chupa bem gostosinho passo a pontinha da língua nesse grelinhoFoda agressiva ponodoidocontoseroticos/comadre rabudacontos eroticos gay sissy de velhos aposentadobaixar pro celular videos novinha gordinha de chortinho dando pro irmao pauzudoruıva semastu e goża muitoxxvideosMulheres tremendo ate cai gozandoporno metendo de levinho atrasa empregada coroa rabuda ajumentada dando ao negaocontos eroticos paulinha e o vovoxvideo nigro xxxvvnbundas grandes. apavoradas torturawww.contos eróticos meu paideixo eu fude minha mae.compornodoido se surpreendendo com pal do irmaofizemos sexo bi com um estranho contoemteada faz sexo com padastro quando a mae sai pras compras xviduosXvideos zuzukinhaloirasgostosas do peitao sentando no consolo com as perna aberta xvideosnovinha nao greta o pau graden e choraMenina enprensando priquito nas pernasa mulher e amante apertalas bolas pornochupando buseta labefo pasda mso bocscasai trajando no cuvidios de sexo irmao faz sexo com a propria irma de sangue escondidoxvidios free sexocontos eroticos com novinhas rio amazonasfilhinha provocando o pai e mostrando a piriquitinha só de calcinhavídeo porno de mulher com negrão sedo estrupadas no cu e gozando muitopornôabaixarabaixarpornôvidios porno velho deboxadasmtk janela e aí me fala que eu comi a BabiNegro comeu gay na roça de salvador conto eroticocontos eronticos batedo uma quando a vizinha viumelhores meninas de porno prima com avô de 50 citimetroacodou. marido. batendo. bonheita. pra. ele. ai. tranza. .com. ele.é doido tia Lenafudendo uma putaconto eroticoXvidio.com/afasXvideo ninazinhanegao nao guenta e entra no quato. dais finha dormindotravesti trancou a buceta mulher do corno com seu pinto enormever video de porno na facudade gosando fortex.vídeos pornô família risquinha irmão e irmã novinhosnegao bagaca branquinho xxvideoshttp://comto erotico massagista erotica colocando dedo no c da menina virgemgorda bem rabuda sinturada novinhaContos eroticos curtos esperiencia , sexesul com cachorro zoofiliasexonovınhapadrasto promete que vai colocar devagar quando a enteada abre as pernas ele enterra a picaConto erotico de crentinha safadacontos swing dei a minha calcinha para o meu genrocontos eroticos nudismoConto erotico de adorecente batedo punhetaMathz - CASA DOS CONTOS EROTICOSbicho preguiça fudendo zoofiliaxvıdeos porno novınhas do paeos escrava Negra a sair da Senzala para trabalhar e se masturba as duas gente tomarmulher centa na bengala