CONTANDO TUDO.

Um conto erótico de Silvia.k
Categoria: Heterossexual
Data: 08/03/2014 19:02:41
Última revisão: 15/01/2018 04:32:28
Nota 9.89

No dia, contei aqui neste site um conto. No qual eu relatava a primeira e única vez que traí meu esposo.

Tudo que escrevi naquele conto é absolutamente verdade. Não menti em nada. Mas omiti uma parte.

Motivos que eu acredito que tive para omitir esta parte:

- Primeiro : Excesso de pudor. Até fui elogiada por isso.

- Segundo : Foi o meu primeiro conto.

Motivos que eu acredito que tive para contar a parte que omiti.

- Primeiro: Eu preciso exorcizar de vez este momento da minha vida, que foi maravilhoso. Mas afinal eu preciso retomar a rotina normal do meu casamento com meu esposo, que eu amo muito. E este fato atormenta muito minha cabeça, me levando à um sentimento de culpa muito grande.

- Segundo: Em respeito aos mais de 3.000 leitores que este conto teve.

Parte Final: UM DIA DE LOBA:

Ele me beijou, pegou a toalha e me limpou. E eu me levantei para tomar banho.

Quando saí do banheiro ele levantou e me de deu um beijo.

- Eu também vou tomar banho.

Quando ele saiu do banheiro eu já estava vestida. Ele me olhou com espanto.

- Onde você vai?

- Tenho que ir embora.

- E vai me deixar assim?

Olhei e vi que seu pau já estava totalmente duro novamente. Me deu vontade de cair de boca naquele cacete e começar tudo outra vez.

Mas desviei o olhar e pensei no meu esposo.

Ele se aproximou para me beijar, eu o impedi com uma mão, fiz tchau com a outra e fui embora.

Parte que omiti : CONTANDO TUDO.

Saí da suíte. Entrei no carro, coloquei o cinto, coloquei a chave na ignição, pisei na embreagem, engatei a ré, dei partida.

Desliguei o carro, tirei o cinto, abri a porta e voltei correndo para a suíte.

Quando eu entrei o encontrei na mesma posição que o havia deixado:

Com os olhos arregalados, a boca aberta e com sua mão direita acariciando levemente o seu pau. Que estava extremamente duro.

Quando ele me viu, abriu um sorriso e abriu os braços. Corri ao encontro dele e ele me abraçou fortemente. Com seu pau duro espetando o meu ventre.

Então me beijou. Foi um beijo alucinante, com as nossas línguas nervosas entrelaçadas e os lábios molhados se encontrando.

Ele tirou meu vestido, tirou meu soutien, tirou minha sandalha, tirou minha calcinha numa velocidade impressionante.

Voltou a me abraçar e me beijar. Levou sua mão na minha xaninha. E eu levei a mão no seu pau.

Ficamos um bom tempo nos beijando e masturbando um ao outro.

Já estava completamente molhadinha de novo. Quando não resisti mais, me ajoelhei e cai boca novamente naquele cacete gostoso.

Chupei com mais vontade que da primeira vez. Abocanhava, passava a língua do saco até a cabeça. Passava língua na glande e voltava a abocanhar e chupar, como se chupa um sorvete gostoso.

Ele segurava levemente minha cabeça e gemia muito. Que delícia.

Ele então me levantou, colocou-me de quatro sobre a cama.

Caiu de boca na minha bocetinha. Lambeu, mordiscou meus lábios vaginais e chupou gostoso.

Quando ele chupava minha xaninha naquela posição, eu senti um carinho involuntário numa região do meu corpo, que jamais recebera um carinho.

Enquanto ele chupava minha bucetinha, seu nariz roçava meu cuzinho. E aquilo me instigou muito.

Ele então levantou, colocou seu cacete na portinha da minha bocetinha, levou suas duas mãos na minha cintura e me penetrou gostoso.

Ele me comia lentamente. Mas de repente aumentava o ritmo das estocadas. Ele tinha o Time certo entre o carinho leve e o carinho com pegada. E na penetração também ele tinha este Time.

Ele me comia gostoso , quando do nada eu passei a sentir um carinho. Agora voluntário no meu cuzinho.

Ele tirou a mão direita da minha cintura. E com o dedo indicador direito ele acariciava meu cuzinho. Não tentava penetrar. Só acariciava. Que sensação gostosa.

E com aquele pau fodendo minha rachinha, e aquele dedo acariciando o meu cuzinho, eu tive o meu segundo orgasmo.

Mas desta vez ele não deu trégua, enquanto eu gozava, ele bombava. Aumentou os ritmos das estocadas e metia com maestria.

Quando eu terminei de gozar, ele tirou o seu pau, levou sua boca na minha rachinha e me chupou gostoso. Como se quisesse sorveu o meu mel.

E desta vez ele levou a língua até o meu cuzinho e lambeu gostoso.

Subiu em cima da cama, pegou o seu cacete e começou a roçar a cabeça do seu pau no meu cuzinho. Não tentava penetrar, só roçava.

E pensei. Gente será que este homem esta querendo comer o meu cuzinho. Eu não vou aguentar. Afinal meu cuzinho era virgem.

Mas para minha felicidade ou não. Eu já não sabia de mais nada. Ele colocou seu pau na minha bucetinha e penetrou gostoso. Agora naquela posição de cachorrinho, a penetração era total. Ele me cavalgava com maestria e eu já estava em transe.

Então eu ouvi um pedido inusitado para mim:

- Deixa eu gozar na sua boca?

Eu não tinha certeza que tinha ouvido aquilo. As palavras ecoaram num ambiente de delírio e prazer descomunal.

Ele repetiu o pedido:

- Deixa eu gozar na sua boca?

Agora eu tive a certeza do que ele havia pedido, mas não respondi. Afinal eu nunca tinha feito aquilo. Mas como recusar um pedido daquele homem, naquela altura?

Ele então, fez o pedido pela terceira vez, agora com mais veemência:

- Deixa eu gozar na sua boca?

- Deixo. Quero sentir toda sua porra na minha boquinha.

Ele então se posicionou ao lado da cama, me coloquei de joelhos na sua frente com a boca aberta. Ele colocou a cabeça do seu cacete dentro da minha boquinha e gozou. O primeiro gozo foi direto na minha garganta, ele gozou mais duas vezes na minha língua. E eu abocanhei aquele pau sorvendo todo aquele gozo. Engoli tudo. E lambi o seu pau, passando a língua no orifício daquele pau, deixando-o bem limpo. Ainda passei a língua nos lábios para sorver o que restava do seu mel.

Saí correndo para o banheiro. Peguei a pasta de dente e a escova descartável, fiz bem a higiene bucal, tomei um banho demorado. Ensaboando todo meu corpo, e me enxaguando, com atenção especial a minha xaninha que não parava de escorrer o meu mel. Até que fiquei inteiramente limpinha.

Quando eu fui pegar a toalha, ele entrou no banheiro. Com uma mão ele me tomou a toalha e pôs no cabide. Com a outra ele ligou o chuveiro e me arrastou para a ducha junto com ele.

Era inacreditável, aquele homem estava novamente de pau duro.

Ele então me abraçou, me beijou e levou as duas mãos na minha bundinha. Com sua mão direita indo direto para o meu cuzinho. Agora com o dedo indicador ele tentava penetrar o meu cuzinho.

Eu peguei a sua mão e tirei com veemência daquela posição, e me afastei dele.

Ele me olhou decepcionado.

Então peguei o sabonete e comecei ensaboar seu cacete.

Ensaboei muito, com atenção especial para a cabeça.

Enquanto eu ensaboava o seu pau, olhei fixamente para ele. E ele olhou fixamente para mim. E nossa troca de olhar, parecia denunciar o que estava para acontecer.

Ele então abriu um sorriso, engoliu seco, salivou a boca e passou a língua sobre os lábios.

Depois de ensaboar bem o seu pau, levei o sabonete até o meu cuzinho e esfreguei bem, até fazer espuma.

Virei-me de costa para ele, arrebitei minha bundinha, apoiei minha duas mãos no azulejo.

Ele abaixou seu corpo, pincelou seu pau no meu reguinho, até achar o meu cuzinho, e pressionou.

Pressionava e doía, pressionava e doía, Pressionava e doía.

Até que: slap, entrou a cabeça. Doeu muito.

Ele ficou paradinho, me segurou pela cintura para que não saísse, parece que queria que meu cuzinho acostumasse com cabeça do seu pau dentro dele.

Ficou por um bom tempo parado naquela posição.

Então ele arqueou o corpo para traz e me segurando para que a cabeça do seu pau não saísse do meu cuzinho, enfiou de uma só vez, sem dó e nem piedade, aquele imenso cacete no meu cuzinho. Colocou tudo.

Doeu muito. Minhas vistas escureceram, minhas mãos se soltaram da parede e ele me segurou para que eu não caísse.

Lágrimas correram nos meus olhos. Doía muito.

Ele repetiu a mesma tática. Ficou parado por um tempo me segurando naquela posição. Só que agora, com seu enorme cacete atolado no meu cuzinho, até então virgem.

Depois de um tempo, ele começou fazer o movimento de vai e vem lentamente. Tirava até a metade e enfiava tudo bem devagar. Doía muito.

Doía, doía, doía; Já não doía mais. A dor foi dando lugar ao prazer, comecei então a gemer gostoso.

Ele percebendo isso, aumentou o ritmo das estocadas. E agora tirava deixando apenas a glande e enfiava tudo novamente.

Eu voltei a me apoiar na parede e ele metia no meu cuzinho com maestria.

Ele então levou uma das mãos na minha bocetinha.

E com aquele pau no meu cuzinho e sua mão na minha bucetinha, tive o meu terceiro orgasmo. E ele gozou junto comigo, dentro do meu cuzinho.

Após gozarmos, ele abraçou meu corpo e ficou imóvel. Seu pau foi saindo naturalmente do meu cuzinho.

Aquela sensação do pau saindo do meu cuzinho é indescritível. É como se ele tivesse desocupando um lugar que era seu. Deixando um vácuo de prazer. Plenamente realizado.

Eu me virei de frente para ele. Estava exausta e ele também.

Pela primeira vez eu vi aquele pau em estava de repouso.

Ele então passou o sabonete sobre meu corpo e me enxaguou delicadamente.

Sai do chuveiro e me enxuguei.

Sai do banheiro e enquanto ele tomava banho e me vesti.

Voltei ao banheiro e ele ainda tomava seu banho. Tirou a cabeça para fora do chuveiro me deu selinho e com a mão direita eu fiz tchau.

E aí fui embora de verdade.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
24/10/2018 18:16:49
Melhor que imaginei.. perfeito!! Sensacional!! Parabéns pelo conto!!
03/08/2015 04:17:00
Foda-se que espetáculo de conto. Parabéns pela realidade que imprimes à narrativa. Um beijo desde Portugal.
23/10/2014 16:17:13
Nossa como vc escreve bem princesa, queria eu ser esse sortudo, de ter uma mulher como vc nos meus braços. Parabéns ótimo conto, só posso te dar 10
15/07/2014 12:58:01
mulher casada e cuzinho virgem so pode dar muito orgasmo e muita foda aposto que agora nao tranza sem dar o cuzinho :D nota 10
17/03/2014 10:27:05
PARABENS LEIA MEU CONTO SE GOSTAR ESTOU A DISPOSICAO
16/03/2014 16:30:24
Sou corno de uma morena linda, cinturinha violão, bumbum redondinho pés e mãos lindos. Queremos conhecer comedores educados de SP, somos de Santana. Não precisa ter um super pau, conversa boa é tudo, tenque agradar minha esposa. Nosso e-mail é
15/03/2014 08:17:52
parabéns adorei muitas mulher casada tem essas taras depois se arrepender mas e so o tesao bater que folta a repeti tudo de novo mas fais parte qual mulher ou homem que nao imaginou em outro braços a rotina dos casais lefao a isso fas parte do serumano esta sempre a procura bjs
14/03/2014 12:43:15
seu conto e muito excitante e pelo o jeito voce e muito gostosa agora sei que voce não fica mais sem trair pois e muito gostoso fuder com as mulheres alheis
13/03/2014 20:50:13
Uma delicia... Eu e meu marido Beto transamos gostoso após ler esse conto. Também publicamos o nosso nesse site. O nome é: "A procura de um amante" Após ler tantos contos deliciosos, resolvemos criar um blog só pra falar de sexo. Lá temos muitas fotos, colocamos nossas aventuras e trocamos mensagens com nossos seguidores. o endereço é: rubiaebeto.comunidades.net - Beijos molhadinhos... Rubia
dmm
10/03/2014 14:08:20
Nos conte como continua esta saga.
10/03/2014 12:04:04
e depois dessa vc deu alguma outra escapada? meu contato
10/03/2014 09:18:12
Adorei o conto
09/03/2014 16:44:50
Muito bom! E é por isso que eu acostumei minha esposa em sexo anal! Só que, depois que começamos a fazer menages, ela sempre oferecia o rabo, e ai daquele que não a enrabasse direitinho! Leia meus contos clicando sobre meu nome acima!
09/03/2014 15:35:05
que delicia de conto em, muito exitante,,, desejo ser violentamente estrupada por 5 caras super dotados que goste de sexo selvagem, judiar de uma putinha safada e deixa la toda apertinha, estrupa la , judia la , mijar na cara dela e fotografar tudo, eu morena 1.69 alt 65 kl 29 anos seios medios , bumbum grande .. sou dar egiao de campinas sp e poso viajar por todo o brasil ,fico no aguardo de vcs dotados decididos,,,, meu cel ou pelo whatsapp ROSE TRAVESTI ...
09/03/2014 09:55:34
10!
08/03/2014 22:12:43
Gostei da sua historia, li seus dois contos no primeiro escrito no mês 05/13 você fala que tinha traído a um anoSão quase dois anos se este fato ainda te perturba sugiro que você procure um analista não tem sentido ficar se martirizando depois de tanto tempo.
08/03/2014 19:38:01
Delicia, gostei muito
08/03/2014 19:30:13
Bom conto (quem se imporda?).Dei nota 9 só porque não é meu gênero preferido...
08/03/2014 19:28:43
Muito bom, espero novos contos seus, principalmente de suas traições, porque quem trai uma vez trai duas,bjs

Online porn video at mobile phone


festa buctao loucurascontos eroticos estupreiContos de loiras taradas por mendigos negrosbest cameraswww.sobrinhacontoerotico.com.brxvidiosexopornoloira gostosa foi mandar comsertar ou carro na oficina i o negao comeu elabubuta bem dada com pau pekeno yutubeO verdadeiro marido Corno . . . Simplemente adora lamber o clitoris da esposa . . . Enquanto o amante dela enche sua buceta de Porraporno ele e louco pra fuder a tia " depois de tantas punheitas ela deixa fodercontos eroticos pomba giramulheres casadas fazendo sarrada dentro do ônibus estando acompanhada do maridoconto sofrer macho leitemeu irmao despresa minha cunhada e ela da a bucetinha gostosa para mimmulheres que passa na rua com shortinho bem curtinho e ela sentadinha com roupa com camisa curta e joga a bunda delaincesto mamãe cuidado do filho que ta debilitado com buceta molhadaconto de sexo esposa mulata do amigo de legueenrolada na toalha pelada transou contos eróticosContos eroticos de podolatria com fotos querendo chupar pes de primas no sofaContos eroticos sou obrigada a fazer nojerascontos eiroticos leilapornMIDINHOPORNOfilme pornô de guerra fria maior chupando grelo da outrawww.xvideos-gaysinho peniz montro.comConto erotico quado dei leitinho para minha filhamaior sacanagem no loveontoppornoproibidodoidaowattpad contos incesto fui estrupada pelo padrastosexres grates com filhas e mae trepando o paecontos erotico,meu genro me enrrabou dormindocontos eróticos pastoracontoseroticosvariasgosadasContos eroticos elacarecacontos eroticos meninas de quinze anos transando com cachorro com calcinha vermelha com lacinhos pretoComtos eroticos de mulheres q bateram punheta pra cachorromulheres casadas safadas se exibindo de sainha curta sem calcinha pro encanador ele ñ resiste fode a putavídeo pornô da retina p**** da retina e mandou um vídeo pornô dela não ela nuacontos eroticos rapidinha com sobrinhoCachorro cumedor video zofilia pageIncesto wattpad de netas e vos tranzandomarido fazendo covardia com a buceta da esposacontos foi passar uns dias na casa do cunhadofilhinha da mamadeira contos eroticossou casada mais quem mim fode gostoso e patinhoNmvinha metenocontos eroticos fudendoc a marcha do carrocontoerotico pai quero dar leitinho pra bbzinhaconto minha primeira ciriricabranquinha bunduda gostosa só de caixote em curtomorena anda na rua de vestido branco ai himen vai ate la e fode elafotos de mulheres com camksinhas nas bucetascontos eróticos publicados por testemunhas de Jeováela conseguiu agasalhar uma rola de 30 cm e grossa na xananovınha sendo comıda por um negao jumentocontos eróticos a aposta da esposavideos pono muha vumitano no paukelly tesudinha dois negros de 40cm de pau no rabo da intiada e sublinhaxxvideo enviando abraço na buceta cara safado de perma e sen cueca de pau duro provocando a cunhadavedeo de flha de shortinho no talo andando de bicicleta e pai.de pau durocontos eroticos A Dama e o Bruto us mas lindu buctaoVotos -Casa dos Contos zdorovsreda.rumulher ficado vemelha de tato chupaocontoseroticos minha madrasta chorumingava com pau no cucontos fui pra cama com mega dotado marido viu o estragofestas na casa de amigos e depois de tanta bebidas um porno com muita violênciaContos eróticos de tulapornobicosdetetasvídeo pornô que a gostosafala ai para,seu pau e muito grande