Cuidando da novinha rabuda

Um conto erótico de Paulão Fortal
Categoria: Heterossexual
Data: 23/04/2011 17:55:40
Nota 9.20

Meu nome é Paulo, tenho 29 anos, sou do tipo forte, mas não com o corpo definido, tenho até uma barriguinha... Sou um cara louco por sexo, e o que me deixa com mais tesão nessa vida é uma bela bunda, se for bem grande e redonda então eu fico louco!!!

Tenho uma vida sossegada, trabalho o suficiente pra ter uma vida confortável, moro sozinho, tenho uma casa legal com piscina perto de Fortaleza, Ceará. Como disse antes, minha vida é sexo, e uma das minhas melhores fodas é a Rosana, uma mulher de seus 30 e poucos anos, mãe solteira de uma filha linda chamada Bianca, de 18 anos. Rosana se encaixa no meu padrão de beleza, uma morena clara baixinha de cintura fina, seios médios, e uma bunda de fazer gosto, é um belo rabão.

Não gosto de trazer pessoas aqui pra dormir, é fuder e cair fora, mas com Rosana eu abro uma excessão, ela é uma mulher guerreira, trabalha pra sustentar sua casa e sua filha, e quando não consegue eu ainda ajudo com o que posso, então de vez em quando ela dorme aqui em casa, pois entre nós rola mais do que umas belas fodas, e quando tem um feriado ela trás também a filha. Inclusive no último feriadão, um daqueles que começam na quinta, elas vieram pra ficar aqui, mas infelizmente o feriadão não era pra Rosana, ela teria que ir trabalhar na sexta e sábado. Então fiquei de tomar conta de Bianca nesses 2 dias em que sua mãe trabalhou, agora vou falar de Bianca.

Eu não a via há alguns meses, e confesso que sempre achei ela um tesãozinho, mas como ela é bem novinha e filha de Rosana, eu fico só na vontade de atacar aquelas carnes. Bia é uma menininha que pra sua idade tem um formato do corpo igual ao de uma mulher, como a mãe, ela tem uma bunda enorme, e me lembro que ela sempre foi assim por ser "fofinha", mas quando emagreceu e esticou na adolescência o corpinho ficou cheio de curvas, uma delícia, ela é branquinha, cabelos compridos e tem carinha de neném. Eu queria que naqueles 2 dias rolasse alguma aproximação forte entre nós, eu tinha que comer aquela garota!

Então na sexta pela manhã depois de uma gostosa foda, Rosana saiu para trabalhar. Fiquei na sala vendo TV usando apenas um shorte branco sem cueca e tomando meu café, pouco menos de 10 minutos depois Bia desce as escadas já me desejando um bom dia com um lindo sorriso no rosto, detalhe, pra ela é normal me ver de shorte, sunga e até de cueca. E ela usava um pijaminha composto de uma blusinha branca e um shortinho rosa que mal cobria seu bundão de tanajura, e era engolido pelas suas entranhas, porra meus amigos, meu pau subiu na hora fácil fácil, ela passou direto pra cozinha e pude ver o material todo, meti a mão dentro do shorte e alisei meu caralho duro, ele estava meladão por conta da gozada que eu acabara dar no cú de Rosana...

Levantei do sofá e fui pra cozinha também, chego lá e tá a gostosa da Bia procurando alguma coisa na gaveta debaixo da minha geladeira, empinando aquele rabo novinho pra mim... puta que pariu, não tava mais aguentando aquela situação!!! Perguntei a Bia se ela não tava afim de dar um mergulho, já que o dia prometia um sol forte... Ela aceitou na hora, ela ficou comendo enquanto subi pro meu quarto, tomei um banho e vesti uma sunga branca que é só molhar que fica transparente. Desci pra piscina e logo depois Bia chegou também, ela usava um biquini preto que contrastava com sua pele clara, biquini esse que devia ser antigo, já que estava pequeno naquela delícia, a parte debaixo, porra, foi aí que eu pirei, seu rabão escondia a parte de trás do seu biquini, e na frente ele cobria apenas um pequeno triangulo da sua pequena buceta, meu pau já tava com a cabeça pra fora da sunga de tão duro, não queria esconder meu tesão, e era retribuido com olhares daquela mini cavala.

Pulamos na água, e aproveitei pra abusar mais daquela delícia de menina, como minha piscina é funda pra ela, eu a fiquei segurando com um gostoso abraço por trás, sou muito mais alto que ela, colocava ela no colo e conversava com ela próximo ao seu ouvidinho, mergulhávamos juntos e o roça roça era inevitável, já que era impossível não esbarrar naquele cuzão, ainda mais no tesão que eu me encontrava.

Perguntei se ele não queria brincar de tubarão comigo, ela seria a vítima, e eu claro, o turbarão! Ela aceitou, dei as regras e começamos a brincadeira. Ela tentava fugir de mim nadando, mas era covardia, a cada braçada que eu dava junto com o tesão que eu sentia de agarrá-la, me fazia ser cada vez mais ágil. E eu safado que sou, pegava ela logo pela bunda, e puxava pra mim, fazendo um movimento de encoxada naquela pequena bunduda, e a cada ataque eu ia me atrevendo mais, roçando meu caralho naquela bunda grande e apertando seu corpinho contra o meu, e como eu era o tubarão, eu lhe dava mordidas na orelhinha e na nuca, a safadinha se arrepiava toda, e mostrava que estava adorando aquilo, e foi quando ela tentou fugir pra fora da piscina que eu dei o meu bote, ela ficou com a metade do corpo pra fora da piscina, debruçada na borda empinando aquele monumento pra minha cara, sem pensar duas vezes eu agarrei aquele bundão e mordi, como um tubarão faminto eu mordi toda a bunda daquela novinha que me dava tanto tesão, e eu não parava de morder, e Bia achando aquela situação divertida, ela não parava de gargalhar, e segurava a minha cabeça, como se quisesse tirar a minha cara do seu rabão, mas alí era minha grande chance, e não parei de mordiscar seu bumbum até que fui aproximando a minha boca no seu rego, que engolia seu biquininho, eu mordia as ancas daquela branquinha, Bianca foi perdendo a resistência e estava se entregando pra mim, segurei firme pela sua cinturinha e enfiei a cara no meio da sua bundona, abaixei seu biquini e comecei a dar linguadas que iam da sua xaninha lisinha até seu cú que piscava a cada lambida que eu dava...

Fiquei naquela sacanagem até o momento que Bia começou a se contorcer segurando minhas mãos que estavam abrindo as bandas de seu lindo rabo, Bia gozou gostoso em minha boca, me presenteando com seu delicioso melzinho! Ela ficou fraquinha, então a puxei de volta pra piscina e a beijei com minha boca que estava com gosto de seu gozo, Bia não sabia beijar, mas estava tão tesudinha, que por um instante parecia ter aprendido tudo na hora... Terminei de despir Bia tirando apenas a parte de cima de seu biquini. E ali estava eu com aquela garotinha deliciosa, linda, nuazinha, doida pra gozar mais comigo.

Tirei a minha sunga e fiquei peladão, Bia mostrou curiosidade em ver meu pau por inteiro, já que as vezes via a cabeça dele... Então era a hora da minha vez de ser chupado, sentei me na borda da piscina e como Bia não alcançava os pés no fundo, ficou apoiada em minhas coxas, de cara pro meu caralhão duro feito pedra, ela olhava mas não sabia muito bem o que fazer, até eu guiar seu lindo rostinho em direção ao meu pau, fui colocando a cabeçona da minha rola em sua boquinha linda, depois segurei sua cabeça com as duas mãos e fui forçando a entrada da minha pica na sua boca pequena até onde eu pude, ela engasgava e tentava tirar o meu pau de sua boca, mas eu forçava um pouco mais pra dentro, seus olhinhos lacrimejavam olhando pra mim, fiquei mais uns segundos com o pau em sua boca e depois tirei, Bia deu um banho de baba em meu pau, ela estava ofegante, pois não conseguia respirar direito com meu pau na boquinha...

Saímos da piscina, forrei o chão com uma toalha e coloquei Bia deitada, pedi desculpa por ter forçado o boquete com ela, mas expliquei que eu estava com muito tesão, ela me desculpou, mas disse pra não fazer mais aquilo... Então comecei a lamber seu corpo todo, dando um verdadeiro banho de gato naquela delícia, coloquei a numa posição de frando assado e lambi gostoso sua xaninha, enquanto eu brincava com o seu cuzinho passando meu dedão no seu anelzinho rosado, ela adorava aquilo, falava coisas que eu não entendia, então aproveitando aquela posição, eu me coloquei pronto pra penetrá-La, fiquei passando a cabeça do meu caralho na sua bucetinha, e fui forçando a entrada, pra uma primeira vez, até que Bia estava relaxada, com certeza os preliminares ajudaram, fui enfiando minha tora naquela menininha branquinha feito neve, o pau entrou até a metade, e começou a escorrer um fio de sangue, achei melhor não meter mais que a metade, então comecei um movimento de vai e vem gostoso, Bia gemia e ao mesmo tempo chorava, ela sentia dor, mas eu sabia que ela não queria que eu parasse, que bucetinha quente ela tem, bem apertadinha, sem pelinho algum, isso me fazia meter com mais força, e a fazia gemer mais alto, parecia que eu ia parti-la em dois mesmo não metendo o pau inteiro dentro dela, a dor de Bia foi dando espaço somente ao prazer, fazendo ela gozar gostoso no meu pau.

Depois do seu segundo gozo peguei-a no colo e fui pra debaixo do chuveirão ao lado da piscina, com ela em meus braços, eu ia limpado o sangue que sujava por entre as pernas da minha potranquinha. Com ela ainda em meus braços, levei a pra dentro de casa até o meu quarto, deitei a na cama e com o pau ainda duro, fiquei esfregando ele por seu corpinho todo, até chegar no seu rosto e colocar ele dentro da sua boca de novo, mas dessa vez não forcei nada, ela mesmo foi mamando minha rola como uma bebezinha, e disse a ela que se ela mamasse gostoso iria sair um leitinho pra ela beber e ficar forte, ela passou a chupar com mais vontade, enquanto eu massageava seu grelinho com meus dedos melados. Não agüentei por muito tempo e acabei enchendo sua boquinha de porra bem grossa, mandei que engolisse tudo, e ela obedeceu feito uma cadelinha. O tesão ainda era demais, meu pau nem amoleceu direito, bastou umas lambidas no seu cuzinho pra ele ficar duro novamente, coloquei a sentada em minha cara com aquele bundão todo esmagando minha cabeça, lambia sua buceta e cheirava seu cú, depois mandei que ficasse de quatro e assim ela ficou, com aquele rabão virado pra cima. Meu quarto tem um grande espelho na parede, imaginem o meu tesão ao ver uma menininha branquinha e bunduda de quatro sendo encoxada com uma rola grossa e dura roçando no seu bundão, eu era praticamente um gigante ao lado dela. Então passei a rola no sua bucetinha melada, dei uma metida só pra melar a cabeça da minha rola, depois fui forçando uma penetração no seu cú, que era o que eu mais desejava desde quando conheci aquele anjinho.

O meu caralho ia entrando no seu cuzinho apertado, ela gritava e pedia pra tirar, porque tava doendo mais do que na buceta, mas eu falei que era só no começo, depois ela ia gostar... Mesmo assim a putinha reclamava, e falava que não queria, não tive escolha, enrabei aquela menina na marra, coloquei as mãozinhas dela pra trás, e fui metendo, ela gritava de dor e pedia pra eu parar, mas eu queria mesmo era meter naquela bundona, então nem ligava para os seus gritos e choros, como no cuzinho o papo é outro, fui metendo até o talo, sem dó, ela é tão pequena que com uma mão só eu conseguia segurar seus dois pulsos, e com a outra mão eu puxava seus cabelos mandando que ela olhasse no espelho eu comendo o seu cuzão.

Eu a xingava e humilhava, era uma cena linda, comecei a meter com mais força e velocidade, Bia não reclamava mais, estava começando a gostar daquilo, e como na minha segunda gozada eu demoro mais, fiquei um bom tempo fazendo sexo anal naquela delícia de menina até gozar e encher seu cuzinho de porra. Depois desse dia de foda gostosa, tomamos um banho, esperamos Rosana voltar e no dia seguinte a putaria teve início logo quando a mãe dela saiu pra trabalhar, eu acordando Bia com uma mamadeira grossa com muito leite em sua boquinha...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
01/10/2015 05:47:29
Gostaria de conhecer meninas de barra mansa RJ ou próximo meu zap
09/01/2013 14:53:20
bom
23/10/2012 21:51:07
Muito bom
17/09/2011 03:00:22
bom seu conto,apesar de pelo jeito ser uma menina pequena,valeu,mais menina muito pequena é foda
07/08/2011 02:46:26
O conto, alem de ser mentiroso, é muito mau narrado. Boa sorte na próxima!
24/04/2011 00:59:50
muito bom
23/04/2011 23:30:58
tarado ridiculo!
Laa
23/04/2011 19:50:24
gostei conterrâneo...

Online porn video at mobile phone


hospedagem anonima site:.ruContos eroticos gay mlk da oficina mulher cagando enquanto dava a bucetaexecutiva casada puta de negao contosconvenci minha irmã fuder comigo e gozei dentroxisvideo patra ve empregada no quarto peladinha e fodecoletâneas paraense 2018 xvideos.comconto erótico humilhada dissi que você gosta cadelaenfermeira peidorreira batendo p******crentinha no portao querendo darpombagiragozadatoinha jovem linda siririca xvideosporno de professora na forretadei o cu video para o time inteiro de futeboltio trepa ma sobrimhaporno caseiro rasgando o cuzinho da safadinha e ela chorando de dor é uma dor insuportávelXnxx grisalhos negros pau de cavalo arregassando buceta das loirasvidio de comedor gozando na portiha do cu da casadapolicial fudendo com mulher que levava drogas na bucetaconto erotico gay macho dominador gosta de maltratar viadomulher com priquito grande fazendo sexo com Renata tudo mudassepono coxada mulher tera cacinha dela metro so saia 2017filmes pornodoido marido da sua esppsinha magrinha par a um negrap do pau enorme tora ela ao meiobucetas gosmadasO Irmão Ogro contos incesto completoconto erotico novinhado dando pos priminhos novinhoscdzinha gostosa para programa sp capitalconto erotico gay negao dominador gosta de viado obedientecontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgecontos picantes limão com irmão depois de 50 anos de idade eróticoxividio centadaas novas novia cenus estrupada pediu virgindadePorno gratis xvideos real sograo espumando rvídeo pornô mulher com a b***** o corpo cheio de quadradinho de homem g****** na sua portamae levanta o vestido e arredou calcinha pro lado e manda o filho bota o pau dentro da buceta delacontos erotico,meu genro me enrrabou dormindocontos eróticos meninas de 22 anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhosprovoquei levei no cu contosconcha do gozando na boca do cunhado gaybelo sexo sobrinho dormiu na casa da tia de conchinha com ela na mesma camavideo homem estupra mulher ate ela pasarmalXVídeos marido com enxaqueca mulher transa com outrocontos eroticos escravasporno doido homem com cacete duro basta encostalamulher caga incontrolavelmente no sexoenteada jemeno na pica do padrastoconto no cinepornoContos sobre beijos e podolatriabundas grandes. apavoradas torturaobreiro da universal punhetandoporno cosquinha papai cansaduxvedeo primo faseno barba e aprima vendo ele de pauduroFILHA FICA PELADA E VAITAR NA CAMA DO PAI E TRANSA COM ELE porno.padrasto.esculacha.panteras.xxcomto ertico minha buceta sujagay cunete otima visao pornoxvideo garoto coneto a mulher do corno enguato ele filmaxvideos.meninas.sedo.esto.padas.afosapadre viadotrocando com outroanalinsesto ninfascontos pedreiro maduro e a novinha virgemfotos de mulheres transando ate gozar que a mulher tranzo com o patrao e com o motorista rubiaebetomorena de 58kg dando a bucetacontoseroticos/comadre rabudafrango a mulher assistindo vídeo pornô na televisão com o cunhadopresa no cativeiro sem banho pornoxvideos gay amador cafuçu de bermuda fininhaconto erotico cadela cioConto erotico apartamento 703 contos eroticosbunda gigante puchou chotre de ladosexo quente incestomadrasta vendo futebol na tvcontos lesbicos e penitencia no conventocontos eroticos comi minha irma mais velhavelho bebado esfregando a cabeça do pinto na bucetaconto erotico bacanal bucetanariz de policial dando o priquito a outros policialcontos e histórias de pai tarado não aguentou e comeu a filha de sete aninhos gostosinhavideos violentos de homens estrupando mulher a forsapornoxisvedeo comeno mia irma afosaZefa doida você tá aqui de novo olhando na casa dela pornôconto meu cachorro meu donoContos erotico nora novinha ouvindo a sogra chorando no picaoPadrastro fódendo o çusogra tara sex dormindimaior cu domundo ecoxa ebunda pornopoño.irma.tocaia.irmao.tomando.baiocontos eiroticos leilapornespoza com tezao marido cansado ela procura o escravo pauzudo negraosexofilha no banho conto eróticocache:qdA4C-nsN0AJ:zdorovsreda.ru/texto/201403719 contos casada carenteconto novinha depois foi na festa de forro o macho piculdo mim rasgouvidio de puta lavano abuceta e tirano bora pra fora Novinhas.dando.pra.rinoseronte.com.rola.grande.xvideos.comcontos eroticos de mulheres falando de pau pequeno e finoconto dei a brexinhacomeminhaesposagostosa.comeu, minha namorada, minha namorada e meu tioveio e foi comer o cu da novinha pede o recado e tirei a virgindade e saiu sangue da buceta e ela pega no meu pau cagou XVídeosConto porno velho comendo menina